Conceitos

Yin e Yang

Yin e Yang são conceitos do taoísmo que expõem a dualidade de tudo que existe no universo. Descrevem as duas forças fundamentais opostas e complementares que se encontram em todas as coisas: o yin é o princípio feminino, noite, Lua, a passividade, absorção. O yang é o princípio masculino, Sol, dia, a luz e atividade.

Taichi ou Taiji

Taiji é a unidade suprema, o primeiro princípio que rege o universo e preside à união do Yin e do Yang. O termo é freqüentemente traduzido por “cumeeira suprema”. Mas há também a noção de pivô, de eixo em torno do qual se ordenam as “dez mil transformações”*, a partir da evolução do Yin e do Yang.

*denominação usada na China para o universo como um todo

Chi (ou Ki ou Prana)

O Chi é um elemento da cultura tradicional chinesa que se manifestaria como uma força cósmica que criou e permeia todo o universo. É um conceito fundamental da cultura tradicional chinesa. O termo pode ser associado de um modo bem amplo ao conceito ocidental de energia. O Chi  nada mais é do que a energia da Vida.

Centros Energéticos (Chackras)

Chacras ou xacras, também conhecidos pela grafia chakras segundo a filosofia iogue, são centros energéticos dentro do corpo humano, que distribuem a energia (Chi) através de canais (nadís) que nutre órgãos e sistemas.

 

Os chacras são os pontos onde se encontram e fundem as Nadís, ou meridianos, canais condutores da energia no organismo. A palavra chakra vem do sânscrito e significa "roda", "disco", "centro" ou "plexo".

Canais Energéticos (Meridianos)

A teoria da Medicina Tradicional Chinesa afirma que o corpo tem padrões naturais de Chi que circulam por canais denominados meridianos em  Português. As diversas doenças são atribuídas a bloqueios, desequilíbrios e rupturas no movimento da energia vital através dos meridianos, assim como às deficiências e desequilíbrios do Chi nos vários órgãos e vísceras. A Medicina Tradicional Chinesa, geralmente, procura aliviar estes desequilíbrios ajustando a circulação do Chi no corpo empregando diversas técnicas terapêuticas.

Nei Jing (força interna)

O Nei Jing (força interna) é o oposto da força muscular. Enquanto esta nasce do músculo e é limitada, a força interna nasce do zhen chi (chi verdadeiro), é ilimitada, precede e preside à força muscular. Estas duas forças opostas interagem e se complementam uma à outra. A força interna exercita e ordena os músculos, tendões e ossos, estes por sua vez, não obstaculizam o fluxo do zhen chi. Pelo contrário, colaboram para que o mesmo circule plenamente,abrindo os meridianos e potencializando ainda mais a força interna.